Governador autoriza concurso público com 200 vagas e cadastro reserva para a Polícia Penal no Piauí

 

Foto: SECOM PI

O governador Rafael Fonteles (PT) publicou decreto de nº 22.774, de 21 de fevereiro, onde autoriza a realização de concurso público para 200 vagas e formação de cadastro reserva para mais 200 classificados.

Segundo o decreto, a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) ficará responsável pela realização do concurso público, estabelecendo as normas e os procedimentos para a seleção dos candidatos.

A Sejus ficará responsável pela publicação de um edital de abertura do concurso público onde estabelecerá as atribuições da comissão organizadora do certame, os requisitos para a investidura nos cargos, o prazo de validade, o número de vagas oferecidas, a carga horária, bem como os requisitos para cada uma das cinco fases do concurso, as modalidades das provas, seu conteúdo, a forma de avaliação e a remuneração do cargo.


O ingresso dos candidatos aprovados ocorrerá na 3ª classe e na referência inicial do cargo. A escolaridade mínima exigida é ensino superior completo em qualquer área. O decreto tem prazo de validade por oito meses.

Mais concursos públicos

Rafael Fonteles ainda autorizou concurso público para 110 vagas para Analista Governamental (Sead e Seplan), nas áreas de Gestão Pública, Infraestrutura e TI, e para Analista Previdenciário (Piauí Previdência). 

O governador também determinou à equipe econômica do Estado do Piauí que inclua na proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que será enviada em abril para a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), previsão de concurso público para áreas de Saúde, Educação e Segurança (Polícia Civil) em 2025.

Haverá ainda concurso público, até 2025, para a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) com vagas para auditor fiscal, auditor governamental, analista e agente. E também concurso para a Procuradoria Geral do Estado (PGE) com vagas para procurador.

Por Bárbara Rodrigues/CidadeVerde.com

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem