Estudantes estão sendo constrangidos a pagarem a diferença da passagem em Parnaíba

Na última semana, motivada pelo aumento dos preços dos combustíveis a Cooperativa de Transporte Alternativo e Autônomo de Parnaíba (Coopertranp), realizou o reajuste das tarifas referentes ao transporte público da cidade de Parnaíba.

O valor da passagem inteira, que antes custava R$ 3,00, passa a partir desta segunda (20/06) a custar R$ 3,80 e a meia passagem, que custava R$ 1,50, passou a custar R$ 1,90. De acordo com a Cooperativa, quem adquiriu vales estudantis com o valor anterior, por exemplo, terá até 30 dias, a partir de segunda-feira (20/06) para usá-los. Após o prazo, o usuário terá que pagar a diferença de R$ 0,40 centavos. Isso na prática não vem acontecendo. Nossa redação vem recebendo desde ontem, denúncias de estudantes que utilizam o transporte alternativo em Parnaíba, que ao entregarem o vale estudantil para efetuarem o pagamento da meia passagem, eles estão sendo cobrados pela diferença, ou seja, os cobradores estão exigindo os R$ 0,40 centavos.

Esta atitude contraria a posição definida pela Cooperativa de Transporte Alternativo e Autônomo de Parnaíba (Coopertranp). Além disso, o abuso infringe os princípios da Lei do Consumidor, tendo em vista que causa prejuízos para aqueles que já haviam adquiridos os vales transportes.

"É necessário a fiscalização de nossos vereadores, do PROCON e de outros órgãos, para que este abuso não aconteça em nossa cidade." Relata o estudante de iniciais E.N.S. do Colégio Euclides de Miranda.

Nossa equipe de reportagem procurou entrar em contato por telefone com a Coopertranp para que eles se manifestassem sobre as acusações, mas não obtivemos êxito.

Da Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário