Pacheco diz confiar que Forças Armadas vão incentivar lisura das eleições

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse confiar que as Forças Armadas vão incentivar a realização das eleições de outubro respeitando a lisura do processo eleitoral e o resultado das urnas pelo voto eletrônico, sistema questionado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Pacheco se reuniu mais cedo com o presidente do Superior Tribunal Militar (STM), ministro Luís Carlos Gomes Mattos, para discutir a crise provocada pelos ataques do presidente Jair Bolsonaro ao Judiciário e pelo discurso do chefe do Planalto sobre o uso das Forças Armadas nas eleições.

Ontem, o presidente do Senado se reuniu com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux. Conforme o Estadão/Broadcast revelou, as Forças Armadas enviaram 88 questionamentos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nos últimos oito meses sobre supostos riscos e fragilidades que, na visão dos militares, podem expor a vulnerabilidade do processo eleitoral, reproduzindo o discurso de Bolsonaro.

Em entrevista coletiva no Senado, Pacheco disse confiar que as Forças Armadas são responsáveis com o papel constitucional de defender as instituições no País, incluindo a Justiça Eleitoral. "O nosso sistema eletrônico de votação fará com que a população escolha seus representantes na eleição que vai acontecer em outubro deste ano, naturalmente com a participação das Forças Armadas, que certamente vão incentivar essa votação pelo sistema eletrônico reconhecendo a importância da lisura do processo eleitoral e a confiabilidade das urnas eletrônicas."

Fonte: Estadão Conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário