domingo, 15 de março de 2020

TURIAÇU: Prefeito envia Projeto de Lei para Câmara Municipal com a finalidade de leiloar bens do município


No início deste mês, o Projeto de Lei nº 020/2020 de autoria do prefeito Umbelino Ribeiro, deu entrada na Câmara Municipal de Turiaçu, com objetivo de ser aprovado pelos Vereadores, a realização de um leilão de bens móveis e imóveis do município.

Pelo menos vinte bens estão catalogados no Projeto de Lei. Entre eles estão prédios inativos da Prefeitura, motos e ambulâncias. O Projeto de Lei passou nesta última semana pelo plenário da Câmara, que estava repleta da presença da população Turiense, mas mesmo assim, a maioria dos Vereadores presentes, votaram pela deliberação do Projeto. Somente dois Vereadores votaram contra. O Projeto de Lei agora segue em tramitação na Câmara, passará por análise e no próximo mês, será decidido em votação se os bens irão ou não para leilão.

A presença popular no plenário da Câmara foi muito importante para mostrar aos Vereadores do município, que o povo desaprova esta atitude do prefeito. Porém, mesmo com o plenário cheio de pessoas, os Vereadores não se intimidaram e o Projeto de Lei foi deliberado.

Hoje, a Prefeitura de Turiaçu arca com o pagamento de aluguéis de vários prédios para o funcionamento de secretarias e de outros órgãos do município. Esse dinheiro poderia ser aplicado em outros benefícios para a população, se o atual prefeito tivesse buscado, em suas gestões, reformar e vitalizar esses prédios inativos que serão supostamente leiloados.

Nossa equipe conversou com um cidadão Turiense que não quis se identificar. Ele declarou: “O município de Turiaçu a anos vive um dilema. A zona urbana não tem um abastecimento de água potável, a maior parte das ruas estão péssimas condições, falta saneamento básico. A zona rural é castigada com estradas intrafegáveis. O município tem grande potencial de crescimento, porém a décadas vem sendo administrado por um grupo político que não se importa com os interesses da população.”

A participação da população é fundamental para que este Projeto de Lei não seja aprovado. Os bens móveis e imóveis que serão leiloados são patrimônios da população Turiense, conquistados a mais de um século e meio de existência.





Da Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário